O site "Guardiões das Riquezas" (www.guardioesdasriquezas.com) está publicado desde o dia 10 de setembro de 2010 e já tratou de vários assuntos. O organizador deste site é Eduardo Bianchi de 52 anos de idade, nascido na cidade de São Paulo - SP, Brasil, no dia 01 de julho de 1966. Eduardo Bianchi tem uma longa história de relacionamento com a psiquiatria, na verdade esse relacionamento já tem mais de 31 anos de existência. Eduardo Bianchi nasceu com paralisia cerebral. O caso de Eduardo Bianchi com a psiquiatria começou no dia 17 de abril de 1987 na Escola Paulista de Medicina (Hospital São Paulo) que pertence á UNIFESP - Universidade Federal do Estado de São Paulo - SP, Brasil, e a causadora desse envolvimento foi a organização religiosa conhecida como "Testemunhas de Jeová" ou "Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados". Eduardo Bianchi também foi atendido pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo e pela clínica Núcleo - Sistema de Saúde Mental.
Atualmente Eduardo Bianchi é bancário aposentado por invalidez devido ás consequências de um infarto agudo do miocárdio quase fatal que sofreu em 28 de janeiro de 2004 causado devido ao tratamento psiquiátrico a que foi submetido que foi causado pela religião Testemunhas de Jeová de forma única e direta.
O escritor Eduardo Bianchi foi diagnosticado pela psiquiatria como portador de psicose maníaco depressiva (CID 10- F31.4) e esquizofrenia paranóide (CID 10- F20.0), o que para ele é um total absurdo, dois diagnósticos psiquiátricos sem sentido.
Para Eduardo Bianchi, portadores de doenças mentais são na verdade os membros da religião Testemunhas de Jeová e os psiquiatras envolvidos neste caso por não saberem, não terem a mínima noção da diferença entre ter um comportamento diferenciado, porém inofensivo e ser portador de problemas mentais. Eduardo Bianchi apresentou documentação ao Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP), onde colocou em dúvida o diagnóstico psiquiátrico com o qual vem sendo considerado como portador e pediu providências ao CREMESP. Esta documentação foi entregue por meio de carta ao CREMESP no dia 08 de agosto de 2011 (protocolo nº 107020). Foi feita uma apuração dos fatos e Eduardo Bianchi apresentou ao CREMESP também através de carta novos documentos sobre esta reclamação no dia 08 de maio de 2013 (protocolo nº 74457/2013). Atualmente estes documentos foram apurados pelo CREMESP.
Entre março de 2011 e julho de 2011 esta reclamação apresentada ao CREMESP também passou pelo Ministério da Saúde brasileiro e pela Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo - SP, Brasil.
Em dezembro de 2013, Eduardo Bianchi apresentou relato de sua história envolvendo a religião Testemunhas de Jeová e a psiquiatria ao "Programa Estadual de Prevenção e Combate á Violência Contra Pessoas com Deficiência", da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, do Governo do Estado de São Paulo, Brasil.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!