Eu nasci em 1966 na cidade de São Paulo - SP, Brasil, com todos os motivos para ter uma vida tranquila e bem sucedida. Até que surgiu em meu caminho a religião Testemunhas de Jeová no ano de 1981 quando eu tinha apenas 15 anos de idade. Me envolvi com essa religião através de um companheiro de escola que se aproximou de mim com o pretexto de ser um grande amigo, mas cujo único objetivo comigo era religioso. Eu, naquela época era uma pessoa ingênua e inocente e aceitei essa amizade até esse menino me levar para esta religião.
As Testemunhas de Jeová viraram minha vida de cabeça para baixo e me impuseram doutrinas fanáticas e falsas, até que eu me batizei nessa religião em 1985. Em 1987, já totalmente envolvido com essa religião até acima do pescoço, eu tive uma crise nervosa dentro desta religião e os seus líderes me levaram ao pronto socorro psiquiátrico do Hospital São Paulo (Escola Paulista de Medicina) que pertence à UNIFESP (Universidade Federal do Estado de São Paulo) onde fui diagnosticado com psicose maníaco depressiva (grave doença mental) e, a partir daí minha vida passou a virar um verdadeiro inferno. Abandonei por completo a religião Testemunhas de Jeová no ano de 1989 e até hoje tenho total aversão a essa religião que me traiu vergonhosamente. E afirmo que abandonar essa religião foi a melhor coisa que fiz em toda a minha vida.
Devido aos transtornos causados pelas Testemunhas de Jeová e também devido à milhares de comprimidos psiquiátricos que tomei, tive no ano de 2004 um infarto agudo do miocárdio (ataque cardíaco) quase fatal e que me deixou sequelas graves. E, em 2019, tive grave retenção de líquido nos pulmões e fui internado na UTI em caráter de urgência, mas conseguiram salvar minha vida mais uma vez.
Desde o ano de 1997 é que eu venho tentando um diálogo com os psiquiatras envolvidos no meu caso para mostrar-lhes que eu não tive doença mental alguma em 1987 e sim apenas uma grave crise nervosa justificada totalmente, mas estes psiquiatras não me deram ouvidos até hoje, 23 anos depois, assinando um atestado de culpa pela falsidade de meu diagnóstico psiquiátrico.
Bem, eu sempre digo para mim mesmo que estou inteiramente com a minha consciência limpa de que fiz tudo para provar minha sanidade mental, mas fui e sou totalmente desacreditado quanto a esse assunto.
Não tenho que provar mais nada a ninguém com respeito a este problema de saúde.
Eu tenho certeza de uma coisa em tudo isso: O importante é o que eu sou e a vitória que eu consegui em minha vida e não o que as pessoas pensam quanto a quem eu sou.
Durante esses últimos 30 anos eu fui atendido também pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo, por Postos de Saúde do Governo do Estado de São Paulo e, nos últimos 16 anos, pela clínica psiquiátrica Núcleo - Sistema de Saúde Mental - também situada na cidade de São Paulo - SP, Brasil.
Possuo ensinos fundamental e médio completos e cursei Comunicação Social por quatro anos, além de ter feitos estágio em Comunicação Social por dois anos completos. Gosto muito de estudar (já cursei mais de 40 cursos de conhecimentos gerais).
Sou escritor profissional há mais de 20 anos com livro editado e publicado pela Scortecci Editora em 2003 com o título de "Guardiões das Riquezas". Participei também de várias Antologias pela Scortecci Editora. Gosto muito de escrever, sempre gostei desde a minha adolescência até atualmente
Na minha carreira profissional fui aprovado e contratado em dois concursos públicos.
Sinceramente, tendo eu um currículo pessoal e profissional como o mostrado neste artigo, afirmar que eu sou portador de uma grave doença mental é, no mínimo, uma tremenda negligência e falta total de profissionalismo, apesar de eu nunca ter deixado de fazer tratamento psiquiátrico regularmente e sempre ter tomado toda a medicação psiquiátrica receitada para mim.
Enfim, independente do que aconteça comigo devido aos meus graves problemas de saúde, é como eu já afirmei: Eu estou com minha consciência limpa que já fiz de tudo para provar minha sanidade mental. Eu nunca fui, não sou e nem nunca serei um doente mental. E vou lutar por minha vida toda para provar essa minha afirmação.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!